Get Adobe Flash player

Nota de repúdio do Sindsef-SP à ação violenta da polícia militar que espancou estudantes da Escola Estadual Emygdio de Barros, no Butantã

O Sindsef-SP repudia a ação violenta da Polícia Militar contra dois estudantes da Escola Estadual Emygdio de Barros. É inadmissível que as escolas sejam transformadas em espaços de violência, repressão e autoritarismo.

CSP-Conlutas aprova resolução sobre conjuntura internacional, nacional e plano de ação

A Coordenação Nacional da CSP-Conlutas realizou sua reunião neste final de semana, de 14 a 16 de fevereiro, na Quadra dos Metroviários de São Paulo, e aprovou uma resolução política com os próximos passos da luta. Confira a íntegra do documento:

CSP-CONLUTAS discute tarefas para enfrentar governo Bolsonaro

Enre os dias 14 e 16 de fevereiro, ocorreu a 1a reunião da Coordenação Nacional da CSP-Conlutas, com importantes debates ara impulsionar a luta no próximo período. Membros da diretoria do Sindsef-SP acompanharam os painéis de debates e votações que aconteceram.