Get Adobe Flash player
Início

2018: A luta contra a reforma da previdência continua

O período é de festas e, também, de ganhar fôlego para avançar na luta, que não pode parar! A votação da Reforma da Previdência na Câmara dos Deputados está prevista para o dia 19 de fevereiro, uma semana depois do Carnaval. O objetivo do governo federal com o adiamento é alcançar os 308 votos necessários para aprovar a proposta. É preciso ir às ruas para barrar este retrocesso!

já gastou, em 2017, R$ 100 milhões com uma campanha publicitária para defender a necessidade da reforma da Previdência, uma das principais bandeiras do governo.... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/07/11/temer-g...
já gastou, em 2017, R$ 100 milhões com uma campanha publicitária para defender a necessidade da reforma da Previdência, uma das principais bandeiras do governo.... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/07/11/temer-gasta-r-100-milhoes-em-campanha-pela-reforma-da-previdencia.htm?cmpid=copiaecola
já gastou, em 2017, R$ 100 milhões com uma campanha publicitária para defender a necessidade da reforma da Previdência, uma das principais bandeiras do governo.... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/07/11/temer-gasta-r-100-milhoes-em-campanha-pela-reforma-da-previdencia.htm?cmpid=copiaecola
já gastou, em 2017, R$ 100 milhões com uma campanha publicitária para defender a necessidade da reforma da Previdência, uma das principais bandeiras do governo.... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/07/11/temer-g...
já gastou, em 2017, R$ 100 milhões com uma campanha publicitária para defender a necessidade da reforma da Previdência, uma das principais bandeiras do governo.... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/07/11/temer-gasta-r-100-milhoes-em-campanha-pela-reforma-da-previdencia.htm?cmpid=copiaecola

Temer não tem poupado esforços para aprovar o ataque à aposentadoria. Em 2017, gastou R$100 milhões com campanha publicitária em defesa da Reforma da Previdência. O dinheiro gasto entre janeiro e junho deste ano com este propósito equivale a 55% de todo orçamento para campanhas publicitárias do governo no ano e é superior aos investimentos em programas sociais, como aqueles em defesa dos direitos das mulheres.

Por outro lado, uma pequisa do Instituto Vox Populi, divulgada em novembro, constatou que 85% dos brasileiros são contra a Reforma da Previdência, que veem como “o fim da aposentadoria” – 71% acham que não vão conseguir se aposentar.

O ano novo será de muito enfrentamento. O Sindsef-SP convoca todos os servidores e demais trabalhadores a se unirem contra a reforma da previdência. No dia 19 de fevereiro de 2017, vamos todos às ruas!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Solidariedade