Get Adobe Flash player
Início

Conselho deliberativo de Base do Sindsef-SP referenda nota da CSP-Conlutas sobre a decisão do STF ao pedido de HC de Lula

O Conselho Deliberativo do Sindsef-SP reunido na manhã desta sexta-feira, 06 de abril, referendou a nota da CSP-Conlutas sobre a decisão do STF ao pedido de habeas corpus de Lula.

Leia a nota na íntegra:

Nota da CSP-Conlutas sobre a decisão do STF ao pedido de habeas corpus de Lula

A CSP-Conlutas sempre defendeu a prisão de todos os corruptos e corruptores, bem como a expropriação de todos os seus bens e a devolução do que foi roubado dos cofres públicos. Esta foi a decisão do nosso 3° Congresso.

Ontem, em uma longa sessão, o plenário do STF (Supremo Tribunal Federal) rejeitou o pedido de habeas corpus para o ex-presidente Lula, que pedia para recorrer em liberdade de sua condenação a 12 anos e um mês de prisão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A decisão torna iminente a sua prisão.

Não temos nenhuma confiança no STF ou na imparcialidade da justiça burguesa. São milhares de jovens presos, na sua maioria, pobres e negros da periferia, que sequer têm direito a julgamento.

Além disso, há centenas de corruptos soltos, a começar pelo atual presidente Michel Temer e boa parte do seu ministério e homens de confiança, como Eliseu Padilha, Moreira Franco, Romero Jucá, entre outros. Políticos como Aécio Neves, e empresários, entre os quais da Odebrecht e OAS, gozam de benefícios da prisão domiciliar e continuam esbanjando dinheiro público.

A CSP-Conlutas não participará de atos contra a prisão de Lula, reafirmando sua posição de que a justiça deve ser feita para todos. Que sejam presos todos os corruptos e corruptores, que seus bens sejam expropriados e o dinheiro devolvido aos cofres públicos.

Secretaria Nacional Executiva da CSP-Conlutas

5 de abril de 2018

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Solidariedade