Get Adobe Flash player
Início

14 de junho é Greve Geral em defesa da aposentadoria, da educação e por empregos!

A construção da greve geral é o caminho para derrubar a proposta de "Nova Previdência", defender a educação pública de qualidade e lutar por empregos dignos. Os servidores públicos também devem fortalecer essa importante paralisação, pois seus direitos estão igualmente ameaçados, seja diretamente nas mudanças das regras da aposentadoria do regime próprio, como pelos projetos que estão tramitando no Congresso Nacional.

O Sindsef-SP iniciou no dia 24 de maio uma rodada de assembleias locais para abrir o debate sobre a participação dos servidores neste movimento. As demandas específicas dos órgãos, a falta de perspectivas de reajustes, a retirada de gratificações e a situação enfrentada nos locais de trabalho também estão em pauta.

Listamos abaixo alguns motivos para ser contra a Reforma da Previdência de Bolsonaro e aderir a Greve Geral

- A reforma não combate privilégios;

- A reforma muuda o cálculo do valor do benefício;

- Capitalização da previdência: Você sabe o que é isso?

Leia aqui o panfleto unificado de construção da Greve Geral

Esta semana de 28 a 30 de maio, ocorrem as seguintes assembleias: 

28/05 – às 14h - Assembleia dos Servidores Federais de Ribeirão Preto e região

Local: GRTE (Rua Afonso Taranto, 500, Nova Riberânia, Ribeirão Preto/SP)

29/05 – às 14h – Assembleia Estadual dos Servidores da Área Ambiental 

Local: Ibama/Supes (Alameda Tietê, 637, Jardins - São Paulo/SP  

30/05 – às 09h30 – Assembleia dos Servidores Federais do Guarujá e região

Local: Sindserv (Rua Manoel Hipólito do Rêgo, 84 – Guarujá/SP)

30/05 – às 14h – Assembleia dos Servidores da Marinha Mercante

Local: Av. Augusto Severo, 7, 2º andar, Centro – Santos/SP)