Get Adobe Flash player

Termina a greve dos trabalhadores dos Correios

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) julgou o dissídio coletivo dos trabalhadores dos Correios na última terça-feira (11).  Mesmo sem reconhecer a abusividade da greve, como queria a Empresa de Correios e Telégrafos (ECT), os ministros autorizaram a descontar no salário dos trabalhadores o equivalente a sete dias de greve. Os demais 21 dias de paralisação devem ser compensados com trabalho extra nos fins de semana com aviso de pelo menos 72 horas de antecedência.

Conselho Deliberativo do Sindsef-SP

 

O Sindsef-SP realizou, no dia 7 de outubro, a 1ª reunião do Conselho Deliberativo de Base (CDB), neste ano. Na ocasião foi apresentada palestra sobre o papel do sindicato e a luta contra a burocratização. Além disso, iniciou-se o debate sobre a proposta de tese para a plenária estatutária da Condsef. Ainda, durante a reunião, foi feito um balanço das mobilizações da campanha salarial.

 

 

Sem nova proposta, bancários podem manter greve

O Comando Nacional dos Bancários, coordenado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf), realiza hoje assembleia em São Paulo para avaliar a greve dos bancários. A categoria pode ampliar o movimento caso a Fenaban não apresente nova proposta.

Greve dos trabalhadores dos Correios vai a julgamento

 

O dissídio dos trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) será julgado pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) nesta terça-feira (11), a partir das 16h.