Get Adobe Flash player

Nota Pública da CSP-Conlutas | Manifestação histórica enfrenta violenta repressão; CSP-Conlutas defende Greve Geral de 48 horas

Nota pública da CSP-Conlutas

A manifestação ocorrida nesta quarta-feira (24) em Brasília foi histórica para o movimento dos trabalhadores brasileiros. As nove Centrais Sindicais, entre elas, a CSP-Conlutas, unificaram suas pautas contra as reformas trabalhista e da Previdência e o projeto de terceirização aprovado recentemente. Após a delação premiada da JBS que envolve o presidente Michel Temer e outros políticos, essas centrais também tiveram consenso em defender o “Fora Temer” no #OcupeBrasília.

#OcupeBrasília| 150 mil vozes pediram a saída de Temer do governo; Agora é construir a Greve Geral de 48 horas

A marcha contra os projetos de reformas do governo, e pedindo a saída do Presidente Temer, reuniu cerca de 150 mil pessoas em Brasília. Os números superaram as expectativas das centrais que organizaram o protesto, que inicialmente aguardavam 100 mil manifestantes.

Palestra sobre as alterações no texto do Projeto de Refoma da Previdência

O Sindsef-SP, ciente da importância de manter a agenda de atividades contra a Reforma da Previdência, realizou uma palestra para abordar as alterações no texto dessa reforma.

Vamos ampliar as mobilizações, todos às ruas!

Desde ontem à noite (17/08), o cenário político do país está em ebulição. Tudo começou com o jornal O Globo, anunciando que o dono da JBS gravou o presidente Michel Temer dando aval para o empresário pagar pelo silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Solidariedade