10% do PIB na Educação Pública, já!

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

 

 

O plebiscito nacional da Campanha pelos 10% do PIB para Educação Pública ocorre de 6 novembro a 6 de dezembro. O Sindsef-SP se somará a CSP-Conlutas nesta mobilização. Serão disponibilizadas dez urnas em diversos locais da base do sindicato, para facilitar a participação do servidor. 

A cédula de votação é composta por uma pergunta: “Você concorda com o investimento de 10% do PIB (Produto Interno Bruto) na Educação Pública, já?”.

 

 

 

Por que participar?

O Brasil tem uma contradição enorme. É um país repleto de riquezas naturais, com uma imensa diversidade cultural, mas a educação vai de mal a pior. Apesar de ser a 7ª economia mundial, ocupa o 93º lugar no ranking da educação. São mais de 14 milhões de analfabetos totais e 29,5 milhões de analfabetos funcionais , aqueles que não conseguem entender o que lêem.

As taxas de evasão escolar são as maiores da América Latina. As escolas públicas estão sucateadas, os professores desvalorizados e sofrendo com o arrocho salarial.

PNE

Em 1997, o Plano Nacional de Educação – Proposta da Sociedade Brasileira, a partir de um diagnóstico da realidade educacional, indicou metas para a universalização do direito de todos à educação que implicavam um investimento público da ordem de 10% do PIB nacional. Naquele momento o Congresso Nacional aprovou 7%, percentual vetado pelo governo FHC e veto mantido pelo governo Lula da Silva. Hoje, o Brasil aplica menos de 5% do PIB nacional em Educação. Passados 14 anos, a proposta do governo para o PNE em debate no Congresso Nacional define novamente a meta, não cumprida, de 7% do PIB para a Educação. Mas, pasmem, somente em 2020.

A crise na educação pública não atinge só aos trabalhadores na educação, nem só aos pais e alunos. Afinal, todos ganham quando um país tem uma educação de qualidade.

Leia o boletim Contra-corrente, publicação do Ilaese (Instituto Latinoamericano de Estudos Socioeconômicos) sobre o tema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Cartão do Dia dos Aposentados

Feliz Dia dos Aposentados

O Sindsef-SP parabeniza os aposentados e as aposentadas pelo seu dia e reafirma seu compromisso na luta por paridade entre ativos, aposentados e pensionistas, pelo cumprimento do Estatuto do Idoso, contra os ataques à previdência e pela recomposição salarial.

Crítica: filme Noites de Paris

Nesta crítica, saiba sobre o filme Noites de Paris, que se passa em 1981. No ano de eleições, comemorações se espalham pelas ruas e há um ar de esperança e mudança.