21 de março é dia de luta!

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

 

Dia 21 de março é dia de Luta! Nesta data é celebrado o Dia Internacional Contra Discriminação Racial.

Em São Paulo, um ato público com panfletagem, será realizado na Praça Ramos, em frente ao Teatro Municipal, às 17h30.

É preciso tomar as ruas e denunciar o Racismo ainda vigente no país e no mundo.

A data será marcada por mobilizações em vários Estados, seguindo exemplo dos Quilombolas da MOQUIBOM (Movimento Quilombola da Baixada Ocidental Maranhense) que se encontram no INCRA do Maranhão.

No Rio Grande do Sul será realizada uma vigília e ato público no INCRA/RS, a partir das 8h, para exigir que o processo de demarcação das terras do Quilombo de Morro Alto continue. Ainda ocorrem atos no Rio, em Minas e no Maranhão.

 

Histórico

O Dia Internacional Contra Discriminação Racial, celebrado em 21 de março, é uma forma de homenagear os 69 mortos e 186 feridos no massacre de Shaperville, que ocorreu em 1960 na África do Su, quando forças militares atiraram nos milhares de negros e negras durante um protesto pacifico contra a “Lei do Passe”, que os obrigava a portar identificação, especificando os locais por onde eles podiam circular.

Panfleto 21 de março – O Quilombo Rio dos Macacos é aqui!

 

Notícias relacionadas 

21 de Março – Dia Internacional de Combate ao Racismo 

O racismo nada sutil dos tucanos

Shopping Higienópoliis é palco de protesto contra o racismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Cartão do Dia dos Aposentados

Feliz Dia dos Aposentados

O Sindsef-SP parabeniza os aposentados e as aposentadas pelo seu dia e reafirma seu compromisso na luta por paridade entre ativos, aposentados e pensionistas, pelo cumprimento do Estatuto do Idoso, contra os ataques à previdência e pela recomposição salarial.

Crítica: filme Noites de Paris

Nesta crítica, saiba sobre o filme Noites de Paris, que se passa em 1981. No ano de eleições, comemorações se espalham pelas ruas e há um ar de esperança e mudança.