2º Seminário Nacional do Muda Condsef acontece nos dias 09 e 10 de abril em São Paulo

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

Os servidores públicos estão na mira dos ataques do governo. Para combater a crise econômica, são previstas medidas como a nova reforma da previdência, o fim da estabilidade, redução salarial e demissões. Diante dessa realidade, somada ao governismo e da burocratização da maior entidade representativa do setor, será realizado o 2º Seminário Nacional do grupo Muda Condsef, desta vez em São Paulo.<--break- data-lazy-src=

A proposta do seminário é ir para além das críticas à atuação da Confederação Nacional dos Servidores Públicos Federais (Condsef) e, ainda que existam diferenças de pensamentos, buscar as melhores saídas para combater o governismo. Para o Muda Condsef, hoje duas propostas que se apresentam no debate da oposição: romper com a Condsef e construir uma alternativa à confederação, ou construir e fortalecer a oposição nacional para disputar a direção no congresso da entidade no final de 2016.

O seminário acontece a partir da compreensão de que somente um forte processo de resistência poderá barrar os ataques que ainda estão por vir. Para seguir avançando nas discussões, o evento vai acontecer nos dias 09 e 10 de abril no Hotel San Raphael, em São Paulo.


 

Publicado em 28/03/2016

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Curtas Jornadas Noite Adentro

Vale a pena conferir o longa Curtas Jornadas Noite Adentro, de Thiago B. Mendonça, que estará disponível na plataforma on-line do Sesc até 25.02.2023.

Věra Chytilová e a Nouvelle Vague Tcheca – Parte 2

Os grandes acontecimentos políticos reverberam nas artes, influenciam e são influenciados pelos artistas. A Nouvelle Vague Tcheca é um exemplo. Foi um movimento de cinema diferente, radical e inseparável da Primavera de Praga, aquele “segundo soberbo”, na definição do escritor Milan Kundera.

Crítica: HOLY SPIDER (Aranha Sagrada)

Pré-selecionado ao Oscar, filme aborda caso real de serial killer que foi celebrado por matar mulheres no Irã. Conhecido como Spider Killer, o assassino acredita estar numa missão espiritual de limpar as ruas do pecado.