8° Congresso Nacional da Fenajufe aprova desfiliação da CUT

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

 

O 8° Congresso Nacional da Fenajufe (Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário Federal) aprovou, nesta segunda-feira (29), a desfiliação da entidade da CUT.  A resolução “Fenajufe fora da CUT!” ganhou da resolução “A Fenajufe filiada à CUT: fortalecimento da luta propositiva e responsável”. Foram  269 a favor e 206 votos contra.

Para o dirigente da CSP-Conlutas, Paulo Barela, que está participando do congresso em nome da Central, esta votação é uma vitória importante para fortalecer a luta dos servidores. “A aprovação da desfiliação da FENAJUFE da CUT vai fortalecer a luta dos servidores. É mais uma entidade nacional da categoria que rompe com uma central que infelizmente tem sido uma aliada incondicional do governo nas questões que envolvem a luta dos servidores contra os ataques de Dilma. Um exemplo categórico disso é a recusa da CUT em participar da Campanha Pela Anulação da Reforma da Previdência de 2003. Agora, a FENAJUFE se desprende dessas amarras governistas”, salientou Barela.

Veja, abaixo, matéria completa sobre a desfiliação publicada pelo Sintrajufe (MA):


Por 269 a 206 votos, Congresso aprova Fenajufe Fora da CUT, com os Trabalhadores

A segunda-feira, 29 de abril, foi intensa para a categoria dos trabalhadores do Judiciário Federal e do MPU (Ministério Público da União). Numa histórica votação que confrontou duas posições antagônicas, e que se refletirão na história de luta da categoria, os delegados do 8º Congresso Nacional da Fenajufe acabaram por aprovar, por 269 a 206 votos, a DESFILIAÇÃO da FEDERAÇÃO à Central Única dos Trabalhadores, repondo dessa forma a Fenajufe em seu lugar histórico na luta dos trabalhadores – lugar esse que a central em questão resolveu abrir mão pelos nacos de poder com a ascensão de Lula, Dilma e PT ao governo. Pelo menos é o que se pode depreender da votação ocorrida nesta segunda-feira em Minas Gerais.

Na rede social Facebook, os servidores saudaram a decisão do Congresso. Entre os comentários no grupo PCS-JÁ, fundado pela própria categoria durante a luta pelo reajuste, não houve quem defendesse a permanência à Central. Entre as falas, algumas ressaltaram o simbolismo de tal decisão ser tomada às vésperas do Dia do Trabalhador, numa alusão ao fortalecimento da posição da Federação nesse campo. Para outros, esse foi ainda o resultado de “anos de traições e pelegagens” da CUT para com a categoria e para com o funcionalismo, como restou evidenciado na última grande mobilização em Brasília, em que um dos temas centrais da marcha do último dia 24 foi a anulação da reforma da Previdência, o que a CUT negou-se a também defender, mostrando-se claramente contra uma bandeira de luta dos servidores públicos e a favor do governo-patrão. Os que não estiveram no Congresso, também pela Internet, saudaram “os que votaram a favor dos servidores e contra a Cut”. Vale lembrar também o fraco desempenho da Central ao lado da categoria, durante os anos de luta para sair de um congelamento salarial de mais de meia década. Tudo isso pesou para o resultado.

Outros trabalhadores, além de associarem a desfiliação ao Primeiro de Maio dos Trabalhadores, observaram tal decisão acontecer na “terra de Tiradentes”, saudando a votação com um “Liberdade, ainda que tardia”. Para outros, essa foi uma decisão sensata, haja vista que “não dá para ter o governo dentro da Fenajufe”, associando a outrora gloriosa história da Cut ao governo.

 

Outros Embates

Plano de Lutas e Resoluções do Congresso também refletiram o embate entre posições governistas e outras que pregam independência da categoria frente ao governo-patrão. Ao anunciar na manhã desta terça-feira o resultado da histórica votação que acabou por desfiliar a Federação à Cut, em sua página na Internet, a Federação anunciou que a divulgação de tudo o que foi aprovado no Congresso sairá tão logo haja tempo hábil para publicação. Acompanhe aqui pelo Sintrajufe esses desdobramentos.

 

Fontes: CSP-CONLUTAS / SINTRAJUFEMA 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Cartão do Dia dos Aposentados

Feliz Dia dos Aposentados

O Sindsef-SP parabeniza os aposentados e as aposentadas pelo seu dia e reafirma seu compromisso na luta por paridade entre ativos, aposentados e pensionistas, pelo cumprimento do Estatuto do Idoso, contra os ataques à previdência e pela recomposição salarial.

Crítica: filme Noites de Paris

Nesta crítica, saiba sobre o filme Noites de Paris, que se passa em 1981. No ano de eleições, comemorações se espalham pelas ruas e há um ar de esperança e mudança.