“A greve continua! Dilma, a culpa é sua!”

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

Os servidores das agências reguladoras realizaram um grande ato público na cidade de Santos, nessa quarta-feira (25/07). Com palavras de ordem, faixas e usando nariz de palhaço os reguladores chamaram a atenção da população para a política adotada pelo governo federal para tratar com os trabalhadores em greve.

Antes, na capital paulista, os reguladores fizeram barulho em frente a Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários) chamando os colegas, que ainda não aderiram à greve nacional dos servidores públicos federais, a fortalecerem o movimento.

Mais uma vez fica evidente a falta de habilidade do governo de Dilma para lidar com o movimento grevista dos SPFs. No entanto, o movimento nacional cresce a cada dia e não se rende a tentativa desesperada do governo de acabar, através de represália, com a greve.

Primeiro veio à ameaça de corte de ponto, agora o governo federal publicou um decreto onde transfere para funcionários dos estados, Distrito Federal e municípios poderes para a execução de atividades que, segundo a Constituição Federal/1988, são prerrogativas dos servidores federais e indelegáveis.

Ao invés de efetivamente negociar com o conjunto dos servidores em greve, a presidente prefere adotar medidas que colocam em risco a sociedade.  A substituição dos servidores em greve por outros, que não dominam o trabalho expõem a segurança da população brasileira.

Mas os trabalhadores estão cientes de seus direitos e não temem as ameaças feitas pela presidente e sua equipe. “Pode cortar meu ponto que eu não vou deixar a greve, continuarei na luta junto com os companheiros”, declarou um regulador da ANTT de Itapecerica da Serra, verbalizando a disposição demonstrada pela categoria.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Cartão do Dia dos Aposentados

Feliz Dia dos Aposentados

O Sindsef-SP parabeniza os aposentados e as aposentadas pelo seu dia e reafirma seu compromisso na luta por paridade entre ativos, aposentados e pensionistas, pelo cumprimento do Estatuto do Idoso, contra os ataques à previdência e pela recomposição salarial.

Crítica: filme Noites de Paris

Nesta crítica, saiba sobre o filme Noites de Paris, que se passa em 1981. No ano de eleições, comemorações se espalham pelas ruas e há um ar de esperança e mudança.