Audiência Pública na Alesp sobre Pinheirinho

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

A luta dos ex-moradores do Pinheirinho continua. No dia 01 de fevereiro ocorreu uma audiência pública na ALESP (Assembleia Legislativa de São Paulo) para debater a questão. Um dossiê denunciando abusos ocorridos durante a ação de reintegração de posse do terreno vai ser entregue ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Um grande ato está ocorrendo em São Jose, desde as 9h da manha de hoje (02/fev).
O dossiê, também, será entregue à Organização das Nações Unidas (ONU) e Organização dos Estados Americanos (OEA) para que medidas sejam tomadas contra o governo do estado e a prefeitura de São José responsáveis pela a operação. Além de denunciar a ação violenta da policia militar, o dossiê ainda pede a investigação da ação judicial que permitiu a reintegração de posse.
A audiência contou com a presença de parlamentares, ex-moradores do Pinheirinho, representantes de movimentos sociais, sindicais e estudantis, Ministério Público e Defensoria Pública.
Na audiência o deputado estadual Adriano Diogo (PT) comparou os abrigos improvisados pela prefeitura de São José a campos de concentração. Os ex-moradores são obrigados a andar com uma pulseira de identificação e para receber o auxílio aluguel devem ficar confinados nos abrigos.
A questão poderá ser tratada também na Câmara dos Deputados, em Brasília. O deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP) afirmou que irá entrar com pedido de audiência pública na Comissão de Direitos Humanos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Věra Chytilová e a Nouvelle Vague Tcheca – Parte 2

Os grandes acontecimentos políticos reverberam nas artes, influenciam e são influenciados pelos artistas. A Nouvelle Vague Tcheca é um exemplo. Foi um movimento de cinema diferente, radical e inseparável da Primavera de Praga, aquele “segundo soberbo”, na definição do escritor Milan Kundera.

Crítica: HOLY SPIDER (Aranha Sagrada)

Pré-selecionado ao Oscar, filme aborda caso real de serial killer que foi celebrado por matar mulheres no Irã. Conhecido como Spider Killer, o assassino acredita estar numa missão espiritual de limpar as ruas do pecado.