Condsef aponta calendário de atividades para fortalecer greve

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

Depois de uma semana de intensas atividades em Brasília e a realização de uma marcha histórica que reuniu mais de 15 mil servidores e estudantes na Esplanada dos Ministérios, terminou nesta sexta-feira o “Acampamento da Greve”. A ação que reuniu servidores de diversos setores de todos os estados brasileiros e do Distrito Federal foi concluída com a realização de uma plenária conjunta que reforçou a importância do fortalecimento da greve geral no setor público.

Os servidores voltam para seus estados com a missão de reforçar a greve onde já existe paralisação e trazer para o movimento setores que ainda não definiram pela greve por tempo indeterminado.

A ameaça do corte de ponto não deve intimidar a categoria. A assessoria jurídica da Condsef trabalha para resguardar o direito dos trabalhadores de promover a luta legítima pelo atendimento de suas demandas. Clicando aqui você confere o documento com orientações jurídicas enviado a todas as filiadas da Confederação.

A expectativa é de que o cenário de greve continue a crescer em todo o Brasil. No último dia 20 a Condsef também realizou uma reunião do seu Conselho Deliberativo de Entidades (CDE) onde apontou mais um calendário de atividades com o objetivo de fortalecer a greve e unidade dos servidores em todo o Brasil. Confira a seguir as datas apontadas para novas atividades.

O calendário deve ser discutido com o Fórum Nacional de Entidades que compõem a Campanha Salarial 2012 para que as ações sejam integradas e unificadas por todas as categorias em greve. Um Dia Nacional de Lutas com atividades nos estados deve acontecer no dia 31 de julho, provável data apontada pelo Ministério do Planejamento para apresentar propostas concretas para a maioria dos servidores do Executivo. A Condsef e suas filiadas também vão participar das atividades convocadas pela CUT, CTB e CSP-Conlutas no dia 2 de agosto. A Confederação também prevê a realização de mais uma marcha a Brasília no dia 9 de agosto. Todas as ações visam o fortalecimento da greve e aumento da pressão na busca por avanços significativos nos processos de negociação com o governo.

Também no dia 9 de agosto a Condsef realiza mais uma reunião do CDE e outra plenária nacional da entidade será convocada para o dia 10 de agosto no Clube dos Previdenciários em Brasília. Todos os esforços devem ser feitos para manter a luta por melhores condições de trabalho para os servidores e investimentos que tragam serviços gratuitos e de qualidade para o Brasil. Enquanto o governo não apresenta propostas concretas e não traz novidades significativas ao cenário de negociações, a orientação continua sendo a de unidade e mobilização intensas.

Quanto mais o governo empurrar os processos de negociação, mais os servidores devem se mobilizar. Somente o reforço na mobilização nacional será capaz de fazer com que a categoria obtenha vitórias significativas em um processo de negociação que ainda não apresentou as respostas de melhoria que os servidores e serviços públicos necessitam. Porque como diz a frase, “se lutando é difícil vencer, é impossível vencer sem lutar”. 

Fonte: Condsef

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Cartão do Dia dos Aposentados

Feliz Dia dos Aposentados

O Sindsef-SP parabeniza os aposentados e as aposentadas pelo seu dia e reafirma seu compromisso na luta por paridade entre ativos, aposentados e pensionistas, pelo cumprimento do Estatuto do Idoso, contra os ataques à previdência e pela recomposição salarial.

Crítica: filme Noites de Paris

Nesta crítica, saiba sobre o filme Noites de Paris, que se passa em 1981. No ano de eleições, comemorações se espalham pelas ruas e há um ar de esperança e mudança.