Confirmada a realização da 3ª Marcha Unificada, no dia 16 de junho, em Brasília

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

Fonte: CONDSEF

 

As entidades que compõem a Campanha Salarial Unificada dos servidores federais voltaram a se reunir em Brasília, no dia 24 de maio.

Ficou confirmada para o dia 16 de junho a realização da 3ª Marcha Unificada, que promete movimentar mais uma vez a Esplanada dos Ministérios.

As duas atividades anteriores mobilizaram, cada uma, mais de 10 mil servidores públicos do Executivo, Legislativo e Judiciário.

A expectativa é de que o movimento em defesa dos servidores e serviços públicos continue crescendo e assegure pressão necessária para garantir avanços importantes na pauta da campanha que reúne os sete eixos.

Antes da mobilização os representantes das entidades nacionais participam de mais uma reunião na próxima terça, 31, no Ministério do Planejamento, quando as entidades pretendem pautar o aumento das margens da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e LOA (Lei Orçamentária Anual).

O objetivo é negociar margens mínimas para que seja garantido atendimento de demandas urgentes dos Servidores a partir de 2012. Entre as demandas, as entidades querem negociar reajustes emergenciais que recomponham a inflação do período mais o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto). O levantamento deste percentual será feito por servidores do IBGE e apresentado ao Planejamento no próximo dia 31.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Cartão do Dia dos Aposentados

Feliz Dia dos Aposentados

O Sindsef-SP parabeniza os aposentados e as aposentadas pelo seu dia e reafirma seu compromisso na luta por paridade entre ativos, aposentados e pensionistas, pelo cumprimento do Estatuto do Idoso, contra os ataques à previdência e pela recomposição salarial.

Crítica: filme Noites de Paris

Nesta crítica, saiba sobre o filme Noites de Paris, que se passa em 1981. No ano de eleições, comemorações se espalham pelas ruas e há um ar de esperança e mudança.