Confraternização do Núcleo de Pirassununga e Recesso

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram


O núcleo de Pirassunga ofereceu um almoço de confraternização para os servidores filiados ao Sindsef-SP na região. A atividade, realizada no dia 17 de dezembro, começou com uma palestra sobre O Papel do Estado e Serviço Público, ministrada por Érika Andreassy, representando o Instituto Latino Amercano de Estudos Sócio Econômicos (Ilaese).


Em seguida, o servidor aposentado Luis Uschoa, diretor da secretaria de aposentados fez um breve relato sobre as lutas dos  aposentados e pensionistas. Ele frisou a necessidade das mobilizações para enfrentar a política do governo de Dilma Rousseff.


Alguns servidores ressaltaram a importância da atividade. O servidor Geraldo Elias Montahoo recitou emocionado um poema. O representante de base, Sr. Caetano, falou que é preciso combater a corrupção que está tomando conta do país.


Os sevidores foram infomados que a eleição do tesoureiro e do administrador do núcleo será na primeira assembleia de 2012. Desta forma a base vai escolher a melhor pessoa para assumir estes cargos.


Recesso


Em razão dos feriados de Natal e Ano Novo o atendimento no núcleo de Pirrasununga vai parar do dia 23 de dezembro até 02 de janeiro de 2012. Retornando no dia 03 de janeiro, terça-feira.


A sede do Sindsef-SP estará fechada entre os dias 26 de dezembro de 2011 e 1º de janeiro de 2012, reabrindo no dia 2 de janeiro, segunda-feira.


 


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Věra Chytilová e a Nouvelle Vague Tcheca – Parte 2

Os grandes acontecimentos políticos reverberam nas artes, influenciam e são influenciados pelos artistas. A Nouvelle Vague Tcheca é um exemplo. Foi um movimento de cinema diferente, radical e inseparável da Primavera de Praga, aquele “segundo soberbo”, na definição do escritor Milan Kundera.

Crítica: HOLY SPIDER (Aranha Sagrada)

Pré-selecionado ao Oscar, filme aborda caso real de serial killer que foi celebrado por matar mulheres no Irã. Conhecido como Spider Killer, o assassino acredita estar numa missão espiritual de limpar as ruas do pecado.