Denúncia e animação marcam ato contra o desmonte da GEAP em São Paulo

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

Como parte do Dia Nacional de Mobilização, o Sindsef-SP realizou, junto ao Sinsprev, um ato público para denunciar o desmonte e a falta de transparência financeira do plano de saúde dos servidores, o GEAP Saúde.

O protesto foi animado. Contou com a tradicional banda de fanfarra, enterro simbólico da saúde, com direito a caixão e boneco caricatura do falecido secretário das relações do trabalho do Ministério do Planejamento, Duvanier Paiva, segurando uma placa com os dizeres: “vítima do sucateamento da GEAP”.

Não são poucos os casos de servidores que precisam de cuidados médicos e não conseguem atendimento pelo plano de saúde do setor. Nem o secretário do MPOG não escapou desta triste realidade.

“Duvanier aplicou uma política para desmontar a GEAP. Mas o destino lhe pregou uma peça. Quando teve um problema cardíaco e precisou ser socorrido nos hospitais de Brasília, a sua carteirinha da GEAP não foi aceita e, assim como muitos servidores públicos que dependem do plano, morreu porque não conseguiu ter o atendimento. O hospital que ele estava acostumado a ir fora descredenciado da GEAP”, lembrou o diretor do Sindsef-SP, Carlos Daniel.

O diretor também citou o caso de um companheiro da base do sindicato, do município de Pirassununga, que esperou 6 meses por um ‘stender’ solicitado pelo cardiologista e, como muitos outros, morreu na fila de espera porque o GEAP Saúde não autorizou a compra do equipamento.

Os servidores públicos federais pagam esse plano muito tempo e quando mais precisam utilizar, na ‘hora H’, têm a notícia de que os hospitais, os médicos e as clínicas são descredenciados. Isto é, tornam-se vítimas do sucateamento.

Para agravar tal situação, o governo entregou o controle do plano de saúde do servidor público federal como moeda de troca para um afilhado político do maior ícone da corrupção em São Paulo. A superintendência do estado está nas mãos de Roberto Godinho, que tem ligação com Paulo Maluf.

“Nós do Sindsef-SP, juntamente com os companheiros do Sinsprev, viemos aqui em frente ao prédio da GEAP, da mesma forma que outros sindicatos estão fazendo em todo o país, para dizer que nós não aceitamos que a nossa saúde seja tratada com descaso”, explicou Carlos Daniel.

 

[cincopa A4CA7JbCdq5x]

 

Por Lara Tapety

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Cartão do Dia dos Aposentados

Feliz Dia dos Aposentados

O Sindsef-SP parabeniza os aposentados e as aposentadas pelo seu dia e reafirma seu compromisso na luta por paridade entre ativos, aposentados e pensionistas, pelo cumprimento do Estatuto do Idoso, contra os ataques à previdência e pela recomposição salarial.

Crítica: filme Noites de Paris

Nesta crítica, saiba sobre o filme Noites de Paris, que se passa em 1981. No ano de eleições, comemorações se espalham pelas ruas e há um ar de esperança e mudança.