Fórum de Entidades dos SPF em São Paulo vai definir uma nova manifestação conjunta

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

Conforme orientação das entidades representativas nacionais do funcionalismo e do Espaço Unidade de Ação, o Sindsef-SP vai se reunir com os demais sindicatos que compõem o Fórum estadual do setor com objetivo de discutir ações para o dia 12 de junho, quando haverá mobilizações em todo o Brasil. 

A reunião do Fórum de Entidades dos Servidores Públicos Federais (SPF) em São Paulo, que acontecerá na próxima terça-feira (04/06), deve deliberar sobre a possibilidade de realizar uma manifestação no Hospital Universitário, unificando a luta pela anulação da reforma da previdência com aquela contra as privatizações destes hospitais através da implementação da EBSERH (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares).

Além disso, os sindicatos paulistas vão definir uma representação do estado para o ato político nacional a ser realizado em Brasília, onde será entregue o abaixo-assinado pela nulidade da reforma da previdência comprada através do esquema de corrupção conhecido como “mensalão”.

A marcha de 24 de abril na capital federal foi um passo importante na luta contra as políticas do governo Dilma/PT. Como forma de dar continuidade a jornada de lutas que teve como marco esta grande manifestação, o 12 de junho também pretende unificar diversas categorias em suas reivindicações.

Várias mobilizações setorizadas vêm ocorrendo por todo o país. São servidores públicos, trabalhadores em educação dos estados e municípios, operários da construção civil, mineiros, trabalhadores do transporte público e outras categorias.

 

Unificar as lutas é uma necessidade, aponta a CSP-Conlutas

Na semana passada, de 10 a 24, houve a intensificação das mobilizações envolvendo as comunidades acadêmicas das Universidades Federais para barrar a implementação da EBSERH (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares).

Movimentos populares se organizam para uma jornada de atividades no período da Copa das Confederações e se preparam para realizar protestos contra os despejos e a privatização dos estádios.

Também aumentaram as ações de resistência e as campanhas nacionais contra a privatização dos portos e os leilões dos campos de petróleo, assim como contra a entrega da Petrobras e o avanço das terceirizações com o Projeto de Lei 4330.

A CSP-CONLUTAS e o conjunto das entidades que compõem o Espaço de Unidade de Ação estão fazendo um chamado para que todos se somem às atividades de mobilização do dia 12 para juntar as bandeiras específicas de cada categoria com as bandeiras gerais da recente grande marcha.

 

 

 

Por Lara Tapety, com informações da CSP-Conlutas

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Cartão do Dia dos Aposentados

Feliz Dia dos Aposentados

O Sindsef-SP parabeniza os aposentados e as aposentadas pelo seu dia e reafirma seu compromisso na luta por paridade entre ativos, aposentados e pensionistas, pelo cumprimento do Estatuto do Idoso, contra os ataques à previdência e pela recomposição salarial.

Crítica: filme Noites de Paris

Nesta crítica, saiba sobre o filme Noites de Paris, que se passa em 1981. No ano de eleições, comemorações se espalham pelas ruas e há um ar de esperança e mudança.