Gasto com servidores diminui a cada ano

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

A falta de vontade do governo de Dilma com o funcionalismo fica cada vez mais evidente. Um exemplo é que em 2012, a despesa da União com os trabalhadores do serviço público, ativos e aposentados, será a menor dos últimos 17 anos em relação ao Produto Interno Bruto. A informação foi divulgada pelo jornal Valor Econômico no dia 02 de fevereiro.
Mas a verdade é que os gastos do governo com os servidores vêm caindo a cada ano em proporção ao PIB. Em 2011, foi utilizado o equivalente a 4,34% do PIB, índice menor do que o aplicado em 2010, 4,42%; em 2009, o gasto ficou em 4,68% do PIB.
Em reuniões realizadas entre as entidades que representam os Servidores Públicos Federais, para discutir a Campanha Salarial 2012, destacou-se a importância da unidade. Somente com um movimento forte e amplo, será possível arrancar algum reajuste ainda em 2012.
O aprofundamento da atual crise capitalista certamente vai estimular o governo Dilma a aumentar os ataques aos direitos dos trabalhadores. A única saída é enfrentar essas políticas com uma forte mobilização, que mostre o descontentamento do servidor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Věra Chytilová e a Nouvelle Vague Tcheca – Parte 2

Os grandes acontecimentos políticos reverberam nas artes, influenciam e são influenciados pelos artistas. A Nouvelle Vague Tcheca é um exemplo. Foi um movimento de cinema diferente, radical e inseparável da Primavera de Praga, aquele “segundo soberbo”, na definição do escritor Milan Kundera.

Crítica: HOLY SPIDER (Aranha Sagrada)

Pré-selecionado ao Oscar, filme aborda caso real de serial killer que foi celebrado por matar mulheres no Irã. Conhecido como Spider Killer, o assassino acredita estar numa missão espiritual de limpar as ruas do pecado.