Greve dos bancários chega ao 11º dia

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

 

Hoje, 7 de outubro, a greve nacional dos bancários chega ao 11º  dia. São mais de  8 mil  agências fechadas em todo o país. Segundo balanço divulgado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf), entre os dias  5 e  6/10, 202 unidades aderiram à paralisação.

O comando nacional dos bancários voltou a cobrar resposta sobre a carta enviada na última terça-feira (4) à Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). A entidade informou estar disposta a retomar o diálogo com as instituições financeiras e repudiou o silêncio dos bancos, que não apresentaram novas propostas desde o início da paralisação, em 27 de setembro. A Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) é o braço da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) dedicado a negociações trabalhistas.

Em greve por tempo indeterminado, os bancários reivindicam reajuste de 12,8% nos salários, o que representa 5% de aumento acima da inflação. A categoria também pede aumento nas contratações, fim da rotatividade, melhoria do atendimento aos clientes e fim de metas abusivas impostas pelos bancos. A Fenaban ofereceu reajuste de 8%, 0,56% superior à inflação, e participação nos lucros e resultados.

Por meio da assessoria de imprensa, a Fenaban informou que está disposta ao diálogo. A entidade, no entanto, declarou que só retomará as negociações se houver garantias de que as contrapropostas não serão rejeitadas sem análise pelos sindicatos.

Fonte: Agência Brasil

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

17/04: Ato contra a privatização da Sabesp!

A votação do projeto que privatiza a Sabesp, empresa responsável pelo tratamento de água e esgoto de São Paulo pode acontecer nesta quarta-feira, 17. Para barrar essa proposta nefasta, haverá um ato público a partir das 14h na Câmara de Vereadores.