Ibama na mídia: “Balança, mas não cai”

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

O trabalho de base realizado pelo Sindsef-SP e a mobilização dos servidores estão trazendo à tona os problemas do Ibama que a cada dia ganham mais repercussão midiática. Como resultado, o governo pode ser obrigado a tomar providências para mudar a realidade caótica do órgão. Confira o texto da colunista Sônia Racy, do Estadão. 

 

Balança…

Clima de guerra no Ibama em São Paulo. A sede do órgão, segundo os servidores, está (literalmente) caindo aos pedaços. Há problemas estruturais, bem como nas instalações elétrica e hidráulica, banheiros quebrados, vazamentos, infiltrações, elevadores parados e risco de incêndio, entre outros.

Cerca de 100 pessoas trabalham no instituto.

…mas…

Ante o quadro, funcionários pediram à Justiça a interdição do local. A juíza Maria Vitória Maziteli de Oliveira negou. Entretanto, deu prazo de 45 dias para o início das obras de recuperação estrutural de pilares e vigas do prédio.

…não cai

Murilo Rocha, superintendente do Ibama em SP, informa que a AGU deve recorrer da decisão. E que soube do risco de corrosão da estrutura por meio do laudo pericial. “Estou solicitando verbas a Brasília para resolver a questão.”

 

 

<Clique aqui para acessar a publicação no site do Estadão>

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

TRF1 assegura direito de servidora permanecer no órgão para o qual foi removida por permuta

A 1ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) confirmou a sentença que julgou procedente o pedido para anular ato do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (TRT3) que determinou o retorno de uma servidora ao órgão de origem, reconhecendo o direito de ela permanecer no TRT da 22ª Região (TRT22), com lotação em Teresina/PI, para o qual foi removida, em reciprocidade, mesmo após o retorno à origem da servidora com quem permutou.