INCRA – PORQUE REJEITAMOS A PROPOSTA DO GOVERNO

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

Texto produzido pelo Comando Nacional de Greve no INCRA e MDA repassado à Presidência do INCRA

Os índices de aumento foram divididos em 3 anos e não observam a relação entre VB e gratificação conquistada em lutas anteriores;

– O percentual oferecido incide basicamente sobre as gratificações, que são atreladas às avaliações institucionais de produtividade. A instituição vem sofrendo reiterados contingenciamentos orçamentários que dificultam o alcance das metas;

– A concentração de aumento da remuneração na gratificação prejudica os aposentados e pensionistas que perdem 50% da gratificação ao passarem para inatividade;

– Os servidores de nível intermediário e auxiliar foram desprestigiados nas tabelas apresentadas pelo governo. Cita-se como exemplo a irrisória diferença entre as  propostas  dos dia 26 e 28/08;

– Para os servidores de nível intermediário a proposta chega a ser negativa no início de carreira em relação à situação atual, diminuindo o valor do vencimento básico (-1,02%) nos próximos três anos;

– A maior percentagem será para o final da carreira favorecendo o atual índice de evasão da Autarquia e desestimula ingresso e permanência de novos servidores por concurso;

– As propostas apresentadas pelo governo não são capazes de promover a recomposição da inflação acumulada nos últimos anos, e tampouco as dos próximos (2013-2015) – a projeção de inflação apresentada pelo próprio governo supera os 5 % para o ano de 2012 e certamente se repetirá no período;

– É ilusória a informação de que estamos recebendo uma proposta de 45% de reajuste, pois há diferentes percentagens para os diversos cargos e níveis.

– As propostas além de não solucionarem as distorções entre INCRA e outros órgãos de atribuições similares, acentuam as distorções internas, entres os níveis superior, intermediário e auxiliar;

– O governo argumentou que não podia  contemplar nossa reivindicação salarial por conta da inexistência de orçamento, em seguida   ofereceu ao MMA/IBAMA uma proposta cujo impacto financeiro é dobro do permitido ao INCRA

– O valor inicial oferecido ao IBAMA é de R$ 8.062,65, e valor  inicial oferecido ao INCRA é inferior a R$ 5000,00 para analista e  inferior a  R$ 6.000, para os perito;

– A proposta apresentada pelo governo se reduz à questão salarial.

– A rejeição da proposta apresentada pelo governo foi decidida pelas bases, em ampla maioria (24 das 30 superintendência), cerca de 90 porcento, não partindo unilateralmente das entidades que as representavas ou do comando de greve.

– O clima de desmotivação e o sentimento de descaso e discriminação do INCRA e MDA em relação às entidades congêneres pode refletir diretamente no desempenho do INCRA e MDA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Věra Chytilová e a Nouvelle Vague Tcheca – Parte 2

Os grandes acontecimentos políticos reverberam nas artes, influenciam e são influenciados pelos artistas. A Nouvelle Vague Tcheca é um exemplo. Foi um movimento de cinema diferente, radical e inseparável da Primavera de Praga, aquele “segundo soberbo”, na definição do escritor Milan Kundera.

Crítica: HOLY SPIDER (Aranha Sagrada)

Pré-selecionado ao Oscar, filme aborda caso real de serial killer que foi celebrado por matar mulheres no Irã. Conhecido como Spider Killer, o assassino acredita estar numa missão espiritual de limpar as ruas do pecado.