IPEN – Servidores continuam na luta pela regulamentação da GEPR

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

Os servidores do IPEN continuam na luta pela regulamentação da GEPR. Nesta segunda, 16/03, houve assembleia para atualizar os informes e definir os próximos passos do movimento.

Frente a mobilização, o projeto que regulamenta a gratificação foi assinado na semana passada pelo MCT&I e MPOG. Agora aguarda,  desde 12/03, na Casa Civil a assinatura da presidente Dilma.

Apesar desse avanço, a GEPR não estará no contracheque de março. A informação foi confirmada por aqueles que já visualizaram a prévia do próximo pagamento.

Por isso é importante fortalecer a mobilização para conseguir a assinatura da presidente Dilma e assim buscar que a GEPR volte a compor os vencimentos dos servidores.

A mobilização é uma inciativa dos funcionários ligados a produção de radioisótopos e de radiofármacos e começou em 09/03, após o governo anunciar que cortaria a gratificação nos próximos meses. O principal objetivo era agilizar que o projeto chegasse nas mãos de Dilma.

Esta primeira etapa foi conquistada com êxito. Os servidores reduziram o ritmo da produção, realizaram assembleias diárias  e ainda saíram pelas ruas do Instituto em carreata fazendo um buzinaço.

Agora é preciso aumentar a pressão, pois o corte da gratificação já é uma realidade e no próximo mês os servidores terão o salario reduzido.

[cincopa A0PATYs59I5E]

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

PGFN: Política de Reajuste Zero do governo Lula desafia servidores

O Sindsef-SP realizou assembleia com os servidores administrativos da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), no dia 21/02. Luís Genova, Secretário Geral da entidade, avaliou que na política econômica do governo Lula, o que se destaca é a amarga realidade de um reajuste zero para os servidores públicos.