Minha indignação com o PL 2203/11

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

Boa tarde (são 16:12 de 27/09). 
Sou filiado ao SINDSEF-SP há tempo e aproveito o espaço para declarar minha indignação com o PL 2203/11 devido aos seguintes fatos: sou médico do Dep de Policia Rodoviária Federal (atualmente o único no Estado de SP).  Pois bem, o projeto propõe um salário base para 40 hs para meu cargo de R$ 3200,00 aprox. e a metade para 20 hs.

Ora meus caros, meu salario base é de R$ 6461,40 (40 hs), sendo a metade para os que cumprem 20hs, e sempre foi assim (ha 30 anos sou servidor) com as devidas, esporádicas e escassas correções ao longo do tempo. Pois então querem REDUZIR o salário base em 50% !!!??.

Tem mais, minha gratificação de desempenho, GDATPRF soma R$ 2834,30 (para 100 pontos). Total (sal base + GDATPRF) = R$9295,70 (não considerei insalubridade, que tambem querem reduzir, e anuênio). Eles propõe um “AUMENTO” para R$7000,00 !!!! e “caso” eu passe a receber menos que antes serão generosos em me conceder um abono VPI para igualar os valores.  Para terminar, coloco meu holerith a disposição e faço 2 perguntas: 1ª, isso é brincadeira, incompetência técnica ou má fé?  2ª, na aposentadoria (estou prestes) como ficaria?

Agradeço a atenção

Paulo Mauricio Vasques (tenho cadastro no sindicato)
e mail: magpaul@uol.com.br

 

PARTICIPE VOCÊ TAMBÉM!
CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SEU POST

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Věra Chytilová e a Nouvelle Vague Tcheca – Parte 2

Os grandes acontecimentos políticos reverberam nas artes, influenciam e são influenciados pelos artistas. A Nouvelle Vague Tcheca é um exemplo. Foi um movimento de cinema diferente, radical e inseparável da Primavera de Praga, aquele “segundo soberbo”, na definição do escritor Milan Kundera.

Crítica: HOLY SPIDER (Aranha Sagrada)

Pré-selecionado ao Oscar, filme aborda caso real de serial killer que foi celebrado por matar mulheres no Irã. Conhecido como Spider Killer, o assassino acredita estar numa missão espiritual de limpar as ruas do pecado.