Nova classe média ou nova classe trabalhadora?

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

A edição nº 30 do Boletim Contra-Corrente analisa o tema: Nova classe média ou nova classe trabalhadora?
O que e quem é a classe média? Quais os critérios utilizados pelo governo para defini-la?
Qual a sua relação com o restante da classe trabalhadora?
A suposta nova classe média significa mudanças estruturais nas relações entre capital e trabalho?
por Daniel Romero (Na foto, Daniel apresenta o painel de conjuntura no 17º Congresso do Sindsef-SP)

Desde 2004, cerca de 20 milhões de brasileiros saíram da situação de pobreza. De fato, são números positivos e expressivos. Mas expressam o quê?
Segundo o governo, significam que o Brasil se tornou um país de classe média, classe que contaria com mais de 95 milhões de pessoas, corresponden¬do a um pouco mais de 50% da população.
Recentemente o governo, por meio da Secre¬taria de Assuntos Estraté¬gicos (SAE), estabeleceu uma classificação oficial das classes de renda no Brasil.
Em valores atuais, a classe média teria renda familiar per capita entre R$ 291 e R$ 1.019.
É evidente que, com uma renda tão baixa, o ter¬mo classe média é ques¬tionável e tem um forte apelo demagógico.
Mesmo forçando as cores nos nomes, houve expansão da renda dos setores mais pobres e é esta dinâmica que vale a pena ser analisada.
Em função disso, o Contra-corrente inicia com este boletim uma sé¬rie de três materiais sobre a Política salarial nos governos Lula e Dilma e mo¬bilidade social no Brasil.
Nosso propósito cen¬tral é responder à seguinte questão: o Brasil se tor¬nou um país mais justo socialmente nos últimos 10 anos?
Nesta quinzena, va¬mos analisar a tese da “Nova Classe Média”.
O que é e quem é a classe média? Quais os critérios utilizados pelo governo para definí-la?
Qual a sua relação com o restante da classe trabalhadora?
A suposta nova classe média significa mudanças estruturais nas relações entre capital e trabalho?
Clique aqui e leia o material completo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Cartão do Dia dos Aposentados

Feliz Dia dos Aposentados

O Sindsef-SP parabeniza os aposentados e as aposentadas pelo seu dia e reafirma seu compromisso na luta por paridade entre ativos, aposentados e pensionistas, pelo cumprimento do Estatuto do Idoso, contra os ataques à previdência e pela recomposição salarial.

Crítica: filme Noites de Paris

Nesta crítica, saiba sobre o filme Noites de Paris, que se passa em 1981. No ano de eleições, comemorações se espalham pelas ruas e há um ar de esperança e mudança.