Participe do 1° de Maio Classista!

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

 

Neste 1° de maio, vamos participar do ato classista em comemoração ao Dia Internacional do Trabalhador. Vamos manter a disposição mostramos na marcha em Brasília, no dia 24 de abril, que reuniu mais de 20 mil pessoas!


Basta de ataques aos trabalhadores!

 

A crise econômica atinge praticamente todos os países. Há um verdadeiro desmonte dos serviços públicos, com cortes de verbas, retirada de direitos e demissões. Na Europa, os trabalhadores resistem e vão à luta, através de inúmeras greves gerais, por melhores condições de vida e de trabalho.

No Brasil, os efeitos da crise também já são muito sentidos. São visíveis os reflexos do endividamento dos trabalhadores e do aumento do custo de vida, com a alta do preço dos alimentos, medicamentos e da moradia. Os movimentos sociais lutam para reduzir as tarifas públicas como o preço da energia elétrica, dos transportes, entre outros.

Os servidores públicos enfrentaram a política de reajuste zero do governo e, através de uma greve massiva no ano passado, conseguiram arrancar algumas concessões importantes. Mas a luta deve continuar para evitar o desmonte dos serviços públicos, como já vem ocorrendo na Europa! Além do sucateamento dos órgãos, no Brasil os servidores enfrentam a precarização da mão de obra. É preciso lutar pela realização de novos concursos e garantir a valorização dos servidores. 

O governo continua destinando dinheiro público para banqueiros, montadoras e outros empresários. A desoneração da folha de pagamento beneficia os patrões e retira recursos da previdência pública, o que afetará diretamente o direito de aposentadoria. No dia 24/04 milhares de pessoas ocuparam as ruas para protestar contra a política do governo.

Os recursos dos impostos deveriam servir para investir nos serviços públicos, como saúde e educação, moradia, reforma agrária e urbana, além de melhorar o salário e as condições de trabalho.

 

1° de Maio não é dia de festa ou sorteio, é dia de luta!
Luta por nossos direitos, por nossas reivindicações e por melhores condições de vida!

Enquanto os patrões e a mídia fazem campanha contra os salários e direitos dos trabalhadores, as centrais governistas como a CUT transformam o 1º de Maio em showmícios e sorteios, financiados pelas mesmas empresas que nos atacam. Dizem-se defensoras da classe trabalhadora, mas estão assinando acordos com os patrões que retiram direitos, reduzem salários e ainda geram desemprego. No funcionalismo, já há vários anos, sentimos na pele as consequências desta postura de defender o governo e rifar nossas mobilizações.

É preciso reafirmar a luta por uma sociedade justa, livre e igualitária. Por esta razão, o Sindsef-SP, neste 1° de Maio, vai se somar à CSP-Conlutas e outras entidades, em um grande Ato dos trabalhadores por emprego para todos, com redução da jornada de trabalho sem redução de salário, por moradia, terra, aposentadoria, educação e saúde públicas, contra o racismo, o machismo, a homofobia e toda forma de discriminação.

Vamos lutar contra o capitalismo e reafirmar a necessidade de construir uma sociedade onde a humanidade possa viver plenamente.

 

Nossas bandeiras:

•  Pela Anulação da Reforma da Previdência que ataca a aposentadoria do trabalhador! Reforma comprada tem que ser anulada!

•  Pela valorização dos servidores e dos serviços públicos! Pela abertura de novos concursos! Contra o sucateamento dos órgãos!

•  Defesa dos direitos trabalhistas! Contra os acordos coletivos especiais que atacam conquistas históricas dos trabalhadores!

•  Por uma política econômica a serviço dos trabalhadores!

•  Contra toda forma de opressão e preconceito! Feliciano não nos representa! Fora Feliciano!

•  Internacionalização das lutas e rechaço a todos os governos que aplicam os planos de austeridade e ataques aos trabalhadores e povos do mundo,

•  Pelo direito à autodeterminação dos povos, com destaque para a luta palestina.

 

Vamos organizar uma coluna dos trabalhadores no serviço público neste 1º de Maio! 
Contamos com você!
Todos nesta quarta-feira, às 10 horas na Praça da Sé!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Cartão do Dia dos Aposentados

Feliz Dia dos Aposentados

O Sindsef-SP parabeniza os aposentados e as aposentadas pelo seu dia e reafirma seu compromisso na luta por paridade entre ativos, aposentados e pensionistas, pelo cumprimento do Estatuto do Idoso, contra os ataques à previdência e pela recomposição salarial.

Crítica: filme Noites de Paris

Nesta crítica, saiba sobre o filme Noites de Paris, que se passa em 1981. No ano de eleições, comemorações se espalham pelas ruas e há um ar de esperança e mudança.