Por melhores condições de trabalho, médicos cruzam os braços nesta terça-feira

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

 

Os médicos que atendem na rede pública em todo o País prometem realizar manifestações e paralisações nesta terça-feira (25), para denunciar a baixa remuneração e as más condições de trabalho, que comprometem a qualidade da assistência oferecida à população. Os trabalhos estão suspensos em 21 Estados, mas os atendimentos  dos casos de emergência serão mantidos.

A paralisação de 24 horas está confirmada nos Estados do Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Sergipe. No Piauí, a paralisação vai durar três dias.

 

Em Santa Catarina, os médicos vão parar por apenas uma hora. Em São Paulo, estão confirmadas paralisações em algumas unidades de saúde. Na capital paulista, os médicos vão “envelopar” com a bandeira do Brasil a sede da APM (Associação Paulista de Medicina), no bairro da Bela Vista, centro de São Paulo. Depois, farão protesto na Assembleia Legislativa e na Câmara Municipal para denunciar as más condições de trabalho.

 

Com informações da Agência Brasil e Folha de S. Paulo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Věra Chytilová e a Nouvelle Vague Tcheca – Parte 2

Os grandes acontecimentos políticos reverberam nas artes, influenciam e são influenciados pelos artistas. A Nouvelle Vague Tcheca é um exemplo. Foi um movimento de cinema diferente, radical e inseparável da Primavera de Praga, aquele “segundo soberbo”, na definição do escritor Milan Kundera.

Crítica: HOLY SPIDER (Aranha Sagrada)

Pré-selecionado ao Oscar, filme aborda caso real de serial killer que foi celebrado por matar mulheres no Irã. Conhecido como Spider Killer, o assassino acredita estar numa missão espiritual de limpar as ruas do pecado.