Quem somos

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

 

O Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Federal do Estado de São Paulo é uma entidade sem fins lucrativos, fundada em 11 de maio de 1991, que representa os servidores públicos da União, das autarquias, das fundações públicas federais e os servidores empregados em empresas públicas federais do Estado de São Paulo.

 

Órgãos/entidades filiados ao SINDSEF-SP:

Advocacia-Geral da União

 

Banco Central do Brasil

 

Casa Civil

– Controladoria-Geral da União;

– Gabinete de Segurança Institucional.

 

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA)

– Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA);

– Instituto Nacional de Meteorologia (INMET);

– Superintendência do MAPA;

– Lanagro;

– Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) / Empresa Pública.

 

Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações

Entidades Vinculadas

– Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen);

– Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel)

 

Ministério da Defesa 

Obs.: O Sindsef-SP representa os trabalhadores civis desse ministério.

 


Ministério da Economia

Secretarias:

– Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN)

– Secretaria Especial de Previdência e Trabalho

         Secretaria de Previdência;

         Secretaria do Trabalho.

– Secretaria Especial de Desestatização. Desinvestimento e Mercados

Secretaria de Coordenação e Governança do patrimônio da União (SPU);

Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (SEST);

– Secretaria Especial de Comercio Exterior e Assuntos Internacionais

         Secretaria-Executiva da Câmara de Comércio Exterior;

         Secretaria de Assuntos Econômicos Internacionais;

         Secretaria de Comércio Exterior.

– Secretaria especial de Produtividade, Emprego e Competitividade

         Secretaria de Desenvolvimento da Infraestrutura;

Secretaria de Desenvolvimento da Indústria, Comércio e Inovação;

Secretaria de Advocacia da Concorrência e Competitividade;

Secretaria de Políticas Públicas e Empregos.

– Secretaria Especial de Desburocratização. Gestão e Governo digital

         Secretaria de Gestão;

         Secretaria de Governo Digital;

         Secretaria de Gestão de Desempenho de Pessoal.

– Vinculadas

Fundacentro.

 

Ministério da Educação

– CEFET/SP

– Universidade Federal de São Paulo

 

Ministério da Infraestrutura

Órgãos Vinculados

– Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT);

– Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT);

 

Ministério da Justiça e Segurança Pública

– Fundação Nacional do Índio (FUNAI);

– Polícia Federal;

– Polícia Rodoviária Federal.

 

Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos

 

Ministério da Saúde

– Funasa;

– Secretaria de Vigilância em Saúde;

– Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI);

– Anvisa;

– ANS.

 

Ministério das Relações Exteriores

 

Ministério de Minas e Energia

– Agência Nacional de Mineração (ANM);

– Agência Nacional de Petróleo (ANP).

 

Ministério do Desenvolvimento Regional 

 

Ministério do Meio Ambiente

         Órgãos Vinculados:

– Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA);

– Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBIO).

 

Ministério do Turismo 

Secretaria Especial de Cultura 

* Entidades Vinculadas:

– Agencia Nacional do Cinema (Ancine);

– Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) – Museu Lasar    Segall

– Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional    (IPHAN);

– Fundação Biblioteca Nacional (FBN);

– Fundação Nacional de Artes (FUNARTE);

 – Fundação Cultural Palmares (FCP).

 


Ministério Público Federal (MPF)

 

Ministério Público do Trabalho (MPT)

 

SUSEP


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

PGFN: Política de Reajuste Zero do governo Lula desafia servidores

O Sindsef-SP realizou assembleia com os servidores administrativos da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), no dia 21/02. Luís Genova, Secretário Geral da entidade, avaliou que na política econômica do governo Lula, o que se destaca é a amarga realidade de um reajuste zero para os servidores públicos.