Sem nova proposta, bancários podem manter greve

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

O Comando Nacional dos Bancários, coordenado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf), realiza hoje assembleia em São Paulo para avaliar a greve dos bancários. A categoria pode ampliar o movimento caso a Fenaban não apresente nova proposta.

A categoria bancária inicia a terceira semana de greve nesta terça-feira (11). Os trabalhadores decidiram cruzar os braços desde o último dia 27 por aumentos salariais e melhores condições de trabalho. Mais de 9 mil agências estão fechadas em todo o país, uma resistência que está sendo considerada a maior greve da história.

Os bancários reivindicam reajuste de 12,8% nos salários, aumento nas contratações, fim da rotatividade, melhoria do atendimento aos clientes e fim de metas abusivas impostas pelos bancos. A Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) ofereceu reajuste de 8% e participação nos lucros e resultados.

Só nos primeiros seis meses do ano, os bancos acumularam mais de R$ 27 bilhões em seus cofres. Nesse período, o lucro do Banco do Brasil cresceu 23% e o da Caixa Econômica Federal, 36%. Entre os privados, destacaram-se o Bradesco (22%), o Santander (18%) e o HSBC (44%).

Com informações da Agência Brasil e CSP-Conlutas

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Cartão do Dia dos Aposentados

Feliz Dia dos Aposentados

O Sindsef-SP parabeniza os aposentados e as aposentadas pelo seu dia e reafirma seu compromisso na luta por paridade entre ativos, aposentados e pensionistas, pelo cumprimento do Estatuto do Idoso, contra os ataques à previdência e pela recomposição salarial.

Crítica: filme Noites de Paris

Nesta crítica, saiba sobre o filme Noites de Paris, que se passa em 1981. No ano de eleições, comemorações se espalham pelas ruas e há um ar de esperança e mudança.