Servidores do executivo aprovam indicativo de greve para 10 de junho

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

A decisão foi aprovada em plenária nacional da Condsef, no dia 8 de maio, e será ratificada em assembleias que acontecem nos estados até o dia 30 desse mês. O objetivo é fortalecer a greve nacional dos Servidores Públicos Federais (SPFs), que já está instalada em alguns setores, e aumentar a pressão junto ao governo para exigir serviço público padrão Fifa e valorização do servidor.

No ministério da Cultura e autarquias vinculadas o movimento iniciou nesta segunda-feira (12). Em São Paulo, neste dia, o Sindsef realizou uma assembleia nas dependências da Cinemateca para discutir a ampliação da greve no estado. A reunião contou com a participação de servidores da Cinemateca, Fundação Palmares e IPHAN.

A greve na cultura conta com adesões de vários estados e já repercute na mídia. No Iphan , o movimento paralisou parcialmente oito superintendências, São Paulo está entre elas. Em outras quatro ocorrem assembleias visando decidir sobre o movimento paredista.

Os servidores da Cultura lutam pelo cumprimento dos termos do acordo firmado em 2007, por um plano de recomposição salarial tomando como referência a tabela da ANCINE, pela aplicação da “retribuição por titulação” e por um plano de “racionalização dos cargos”. Outro eixo principal é a garantia da paridade entre ativos, aposentados e pensionistas. Combater o sucateamento e a precarização também esta entre as principais reivindicações do setor.  

Os servidores da Cinemateca decidiram realizar paralisações de 24h em apoio à greve nacional. A primeira será no dia 15 de maio – 15M, quando acontece um Dia Nacional de Luta com atos e paralisações no estado. O 15M é parte do calendário de atividades aprovado para fortalecer a campanha salarial.

A expectativa é sensibilizar o governo para a necessidade de atender a pauta urgente apresentada pelos federais; pleitos considerados legítimos pelo próprio relator do Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2015, senador Romero Jucá.

Calendário de atividades para o próximo período:

12 a 30/05 – Assembleias nos estados para deliberar greve por tempo indeterminado

15/05 – Dia nacional de lutas em todo Brasil

20/05 – Reunião do fórum para discutir fortalecimento processo mobilização

29/05 – Reunião do CDE da Condsef

30/05 – Plenária nacional da Condsef

12/06 – Atos nos estados, principalmente nas cidades que vão sediar jogos da Copa

Com informaçõs da Condsef

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Věra Chytilová e a Nouvelle Vague Tcheca – Parte 2

Os grandes acontecimentos políticos reverberam nas artes, influenciam e são influenciados pelos artistas. A Nouvelle Vague Tcheca é um exemplo. Foi um movimento de cinema diferente, radical e inseparável da Primavera de Praga, aquele “segundo soberbo”, na definição do escritor Milan Kundera.

Crítica: HOLY SPIDER (Aranha Sagrada)

Pré-selecionado ao Oscar, filme aborda caso real de serial killer que foi celebrado por matar mulheres no Irã. Conhecido como Spider Killer, o assassino acredita estar numa missão espiritual de limpar as ruas do pecado.