Servidores do Incra aprovam greve

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

Os servidores da Superintendência Regional do Incra em São Paulo aprovaram nesta terça-feira (26) greve por tempo indeterminado. A paralisação terá início na segunda-feira, 2 de julho. Além de aderir à campanha salarial unificada do funcionalismo público, a categoria protesta contra o loteamento político das superintendências regionais do órgão. Também nesta terça-feira foi publicada no Diário Oficial da União a nomeação de Wellington Diniz Monteiro para o cargo de superintendente regional do Incra em São Paulo.

Uma moção de repúdio à nomeação de Monteiro já havia sido divulgada no dia 6 de junho, assinada pelo Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Federal do Estado de São Paulo (Sindsef/SP), Associação dos Servidores do Incra em São Paulo (Assincra/SP) e Associação Nacional dos Engenheiros Agrônomos do Incra (Assinagro).

Na avaliação da categoria, está em curso o aparelhamento do órgão pelo mesmo grupo político que bancou a permanência do ex-superintendente Raimundo Pires Silva no cargo entre 2003 e 2011, período marcado pela falta de compromisso com os princípios da administração pública. “Exemplo disso”, prossegue a moção de repúdio, “foram a condenação por improbidade administrativa e a Operação Desfalque da Polícia Federal, que levou à sua exoneração em junho de 2011.

Os servidores cobram critérios técnicos para a nomeação de superintendente e denunciam o descumprimento da Portaria 99 de 2000, que dispõe sobre a nomeação dos superintendentes regionais do órgão.

Campanha salarial

Cerca de 70% das superintendências regionais do Incra já aderiram à greve. O movimento faz parte da Campanha Salarial Unificada dos Servidores Federais, cujas principais reivindicações são: reposição salarial de 22,08%; definição de data-base (1º de maio); política salarial permanente; paridade entre ativos, aposentados e pensionistas; cumprimento dos acordos firmados com o governo; contra qualquer reforma que retire direitos dos trabalhadores; e reajuste dos benefícios.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Cartão do Dia dos Aposentados

Feliz Dia dos Aposentados

O Sindsef-SP parabeniza os aposentados e as aposentadas pelo seu dia e reafirma seu compromisso na luta por paridade entre ativos, aposentados e pensionistas, pelo cumprimento do Estatuto do Idoso, contra os ataques à previdência e pela recomposição salarial.

Crítica: filme Noites de Paris

Nesta crítica, saiba sobre o filme Noites de Paris, que se passa em 1981. No ano de eleições, comemorações se espalham pelas ruas e há um ar de esperança e mudança.