Servidores do MTE realizam ato contra a corrupção nesta sexta, 11 de outubro

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

Indignados com os escândalos de corrupção, que mais uma vez assolam o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), os servidores do órgão realizam nesta sexta-feira, 11 de outubro, às 9h, um ato público em frente ao prédio da superintendência (Rua Martins Fontes, 109, Centro).

A atividade foi aprovada na assembleia da categoria realizada no final de setembro. O objetivo do protesto é repudiar mais um caso de corrupção envolvendo este ministério. Infelizmente nos últimos tempos o MTE vem se destacando nos noticiários pelos escandalosos casos de corrupção e pelo atendimento ineficiente aos trabalhadores que diariamente procuram o órgão.

Desta vez foi alvo de uma grande operação da Polícia Federal, deflagrada em 09 de setembro, que apura o desvio de mais de 400 milhões em licitações e contratos fraudulentos com entidades de fachada, contratadas para a realização de projetos superfaturados e que não eram executados.

Enquanto isso a população sofre com o atendimento precário. Em muitas unidades a fila de usuários começa na madrugada ou, ainda, uma pessoa pode levar mais de 1 ano para receber o benefício do seguro-desemprego ou demorar mais de 15 dias para ter a carteira de trabalho emitida. Isso acontece devido ao número insuficiente de servidores e a falta de condições de trabalho e de estrutura para atender as demandas.

A situação é tão caótica que os servidores existentes estão adoecendo em razão da sobrecarga de trabalho e das dificuldades para prestar um atendimento digno à população. Além de receber um dos salários mais baixos de todo o serviço público federal enfrentam péssimas condições de trabalho, em alguns casos as instalações físicas coloca em risco a vida dos trabalhadores e dos usuários.

Outra grave consequência dos desvios de recursos públicos é o fechamento dos postos de atendimento por falta de servidores. Nos últimos dois anos, as agências de Presidente Venceslau, Indaiatuba, Santa Cruz do Rio Pardo e Serra Negra foram desativadas prejudicando o atendimento de centenas de trabalhadores.

Chega a ser irônico que o órgão, também, responsável pela promoção das diretrizes de segurança e saúde dos trabalhadores permita que os servidores e usuários sejam tratados com tamanho descaso.

Como se vê, apesar das vozes das ruas clamarem por moralidade na Administração Pública, até o momento, nenhum dos envolvidos nos escândalos anteriores foram punidos e o dinheiro que deveria ser utilizado para investir em serviços públicos de qualidade continua sendo desviado para o bolso dos corruptos.

O SINDSEF- SP e os servidores do MTE defendem a apuração rigorosa das denúncias e a punição de todos os envolvidos.

Basta de corrupção!

Prisão aos corruptos e corruptores!

Pela valorização do servidor e do serviço público!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Cartão do Dia dos Aposentados

Feliz Dia dos Aposentados

O Sindsef-SP parabeniza os aposentados e as aposentadas pelo seu dia e reafirma seu compromisso na luta por paridade entre ativos, aposentados e pensionistas, pelo cumprimento do Estatuto do Idoso, contra os ataques à previdência e pela recomposição salarial.

Crítica: filme Noites de Paris

Nesta crítica, saiba sobre o filme Noites de Paris, que se passa em 1981. No ano de eleições, comemorações se espalham pelas ruas e há um ar de esperança e mudança.