Sindsef-SP realizou assembleia na Flona de Ipanema e na ACADEBio/Iperó

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

O Sindsef-SP realizou assembleia local com os servidores da Floresta de Ipanema e Academia Nacional da Biodiversidade de Iperó (ACADEBio/Iperó) para tratar de assuntos específicos e levar informes sobre o andamento de processos jurídicos de interesse daqueles servidores.

Na ocasião, o advogado Cesar Lignelli apresentou uma palestra sobre o Funpresp (Fundo de Previdência Complementar do Servidor Público Federal). Lignelli explicou o que muda na vida do servidor e as formas de adesão ao novo modelo de previdência complementar. Em resumo a aposentadoria pública passa a se igualar à do setor privado. Enquanto os benefícios são os clássicos que qualquer complementação da previdência deve prever, as deficiências são enormes. Se antes a contrapartida do poder público era de 22%, agora é limitada há apenas 8,5%.

A palestra visa alertar sobre os riscos existentes na adesão a este formato de previdência. Os servidores gostaram da iniciativa e reivindicaram outras palestras que tragam orientação e formação. Os presentes pediram que o próximo tema aborde Aposentadoria Especial.

Em 2015, o Sindsef-SP irá ampliar esta iniciativa e levar palestras com diferentes temas a mais locais de trabalho.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Avaliação acerca da compatibilidade da deficiência do candidato com as atribuições do cargo deverá ser realizada durante estágio probatório

A 6ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) reformou a sentença para garantir o direito de um candidato ao cargo de policial rodoviário federal, aprovado na condição de pessoa com deficiência (PcD), a permanecer no concurso, caso tenha sido aprovado em todas as etapas do certame, e que a União determine a nomeação e posse da parte autora, no prazo de 60 dias.