Trabalhadores dos aeroportos iniciam greve de 48h

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

 

Os trabalhadores aeroviários e aeroportuários dos aeroportos de Cumbica (Guarulhos), Viracopos (Campinas) e de Brasília deflagraram uma greve de 48 horas a partir da 0h desta quinta-feira. Eles reivindicam um reajuste de 13% e protestam contra a privatização dos aeroportos.

Sindicalistas  discursaram em carros de som para recrutar mais funcionários para aderirem à greve e também para explicar aos usuários os motivos da paralisação. Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) estão presentes nas dependências dos aeroportos em sinal de solidariedade à manifestação.

O objetivo do governo é que até janeiro de 2012 o três aeroportos sejam privatizados, assim como fez com os Correios e com a Petrobrás. No dia 30 de setembro o governo federal publicou um edital que irá estabelecer regras para que os aeroportos sejam entregues à iniciativa privada.

Veja abaixo a nota de convocação do ato contra as privatizações:

 

Não à privatização/concessão dos aeroportos

Entregar os aeroportos nas mãos do capital privado é uma ameaça à nossa soberania. É um ataque ao povo brasileiro num país de dimensão continental como o nosso, onde o acesso às viagens aéreas, com segurança, é uma questão de integração nacional. A privatização é também uma ameaça aos empregos e condições de trabalho dos trabalhadores dos aeroportos. Não podemos aceitar.

Dilma foi eleita pela maioria do povo que não queria a volta dos privatistas do PSDB. O governo pode sim investir para a melhoria dos aeroportos, reforçando a Infraero como estatal.

Os trabalhadores dos aeroportos já disseram: não à privatização! Agora é hora dos movimentos sociais, das demais categorias e de todos os setores comprometidos com os interesses na nação se mobilizarem.

Vamos dar a largada nessa luta em defesa do que é nosso!

Dia 19 de outubro – 21 horas, no Aeroporto de Guarulhos

Como parte da campanha contra a privatização dos aeroportos, orientamos à todas as entidades e movimentos que compõem nossa Central enviar moções à Presidência da República, conforme texto a seguir:

 

Moção
Apoio à greve dos aeroviários e contra a privatização dos aeroportos

Presidente Dilma Roussef,

Em solidariedade à luta dos trabalhadores aeroportuários que entram em greve neste dia 20 contra a privatização, nos dirigimos a você, autoridade maior do país, para pedir que:

– Retire os aeroportos de Guarulhos, Viracopos e Brasília do Programa Nacional de Desestatização,

– Receba em audiência os dirigentes sindicais.

Com informações da CSP-Conlutas

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Cartão do Dia dos Aposentados

Feliz Dia dos Aposentados

O Sindsef-SP parabeniza os aposentados e as aposentadas pelo seu dia e reafirma seu compromisso na luta por paridade entre ativos, aposentados e pensionistas, pelo cumprimento do Estatuto do Idoso, contra os ataques à previdência e pela recomposição salarial.

Crítica: filme Noites de Paris

Nesta crítica, saiba sobre o filme Noites de Paris, que se passa em 1981. No ano de eleições, comemorações se espalham pelas ruas e há um ar de esperança e mudança.