Meio Ambiente

Área Ambiental | Governo Bolsonaro persegue e assedia servidores do Ibama e ICMBio

As práticas de perseguição e assédio moral têm sido enfrentadas frequentemente, durante o governo Bolsonaro e Mourão, pelos servidores do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e o Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio). Aqueles que se opõem às medidas que vão na contração da preservação do meio ambiente e denunciam as dificuldades para exercerem suas funções, especialmente de fiscalização do cumprimento das leis ambientais, sofrem constantemente com ameaças e retaliações.