20/11 – Dia da Consciência Negra, às 14h, ocorre Seminário de Combate às Opressões

COMPARTILHE

Compartilhe emfacebook
Compartilhe emtwitter
Compartilhe emwhatsapp
Compartilhe emtelegram

Neste 20 de novembro, a partir das 14h, o Sindsef-SP realiza o Seminário de Combate às Opressões. A atividade será virtual, através da plataforma Zoom, com transmissão simultanea para o Facebook e o YouTube.

A pandemia desnudou o abismo social que, não é de hoje, denunciamos! É verdade que o vírus não escolhe quem vai contagiar, mas ficou evidente que os efeitos são muitos deferentes entre os setores mais vulneráveis.

É correto defender o distanciamento social, já que é a principal medida de prevenção contra o coronavírus, porém, mesmo neste cenário, continuam ocorrendo: 

– Truculência da polícia racista; Um dos dolorosos exemplos foi o assassinato do menino João Pedro, morto dentro de sua casa, pela polícia. 

– As estatísticas revelam um aumento da  violência contra a população negra e contra as mulheres. 

– Despejos de centenas de famílias; devidamente abalizado pela justiça;

– Invasões de territórios indígenas por garimpeiros, madeireiros e grileiros e demais invasores das terras tradicionais, aumentando o risco de contaminação pelo coronavírus, que pode levar até ao extermínio de aldeias e povos indígenas;  

Convidamos para contribuir com o Seminário pessoas que, cotidianamente, lutam contra esse sistema opressor! 

Venha debater conosco sobre esse importante tema!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Cartão do Dia dos Aposentados

Feliz Dia dos Aposentados

O Sindsef-SP parabeniza os aposentados e as aposentadas pelo seu dia e reafirma seu compromisso na luta por paridade entre ativos, aposentados e pensionistas, pelo cumprimento do Estatuto do Idoso, contra os ataques à previdência e pela recomposição salarial.

Crítica: filme Noites de Paris

Nesta crítica, saiba sobre o filme Noites de Paris, que se passa em 1981. No ano de eleições, comemorações se espalham pelas ruas e há um ar de esperança e mudança.